sexta-feira, 23 de março de 2012

Premier League: Liverpool vacila no final e toma virada histórica do QPR

Parece que o Liverpool só sabe jogar partidas eliminatórias, uma vez que na última terça-feira ele visitou o Queens Park Rangers, vencia os donos da casa por 2-0, marcados por Coátes (um voleio lindo!) e Kuyt no segundo tempo, mas nos 15 minutos finais, tomou uma virada inacreditável, com muitos erros defensivos de uma defesa improvisada (por contusões que tiraram os titulares da partida/temporada).


Ao final do jogo não faltaram críticas ao treinador King Kenny, que na minha opinião são muito injustas, pois ele não tem culpa se o time achou que o jogo estava ganho e muito menos pelos erros defensivos da equipe no final da partida. Eu até entendo as críticas a sua escalação, alguns reclamam que ele escalou mal, que poupou alguns jogadores importantes, porém é muito fácil julgá-lo após uma derrota como essa, sem levar em conta que nosso elenco não tem tantas opções assim como todos pensam, ainda mais se levarmos em conta a falta que faz alguns jogadores contundidos. Portanto foi normal que Dalglish poupasse o time num jogo contra o QPR, logo após dois jogos "mais importantes", contra o Everton e o Stoke na FA Cup, além da sequencia da #EPL.

Eu mesmo quando jogo com os Reds no modo Master League, do PES 2012, costumo poupar o time em jogos desse tipo, contra uma equipe mais fraca teoricamente, principalmente quando a tabela esta complicada e o time muito cansado (final de temporada, por exemplo). Esses são alguns exemplos do porquê não culpo Kenny Dalglish. Até por que o queridinho da torcida (Luis Suárez) foi muito mal e a única coisa boa que ele fez no jogo foi participar da jogada do segundo gol.

O resultado acabou com o que restava de esperança para conquistar uma vaga na próxima Champions. Amanhã o Liverpool recebe o Wigan, ao meio-dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga este blog por e-mail