terça-feira, 27 de setembro de 2011

Metallica no Palco Mundo

Fechou bem a noite do "Metal". Pena que não colocaram o Angra e o Sepultura no Palco Mundo.


Show Completo:


Algumas músicas do show separadas para pessoas desprovidas de banda larga de qualidade como eu:
Master Of Puppets
Fade To Black
Sade But True
One
Nothing Else Matters

Motörhead no Palco Mundo

Show completo da banda do Lemmy.

Angra e Tarja no Palco Sunset

Show completo

Sepultura no Palco Sunset


Me surpreendi positivamente com o show do Sepultura e o Tambours du Bronx no palco Sunset, que contou com a participação especial de Mike Patton (ex Faith No More) no fim do show. Sepultura merecia o Palco Mundo, assim como Angra e Matanza.







Matanza - Rock In Rio 2011









Evangélicos exorcizam metaleiros na chegada do RIR

Fonte: http://www.adjorisc.com.br/jornais/obarrigaverde/comportamento/evangelicos-exorcizam-metaleiros-na-chegada-ao-rock-in-rio-1.938722



Na boa. Eles não tem nada melhor para fazer? Já chega virem a casa da gente nas manhãs de domingo para tentar enfiar sua religião na nossa goela abaixo (antes de mais nada, sou ateu, acredito em Deus, porém em nenhuma religião). "Heavy Metal é do diabo", mas o funk não né? Nem os "forró" nordestino com apologia ao sexo? Por que não se preocupam em ajudar os cidadãos cariocas que estão tendo suas casas desapropriadas para a construção da Trans Carioca, como justificativa para uma Higienização Urbana, ou Faxina Social? Seria muito mais importante do que se preocuparem com os metaleiros. E muito mais cristão.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Gloria é vaiada no "Dia Metal" do Rock In Rio

Post do Portal IG:






No site do multishow falaram que chegaram a tentar jogar garrafas neles, mas os seguranças agiram rápido. Sempre achei essa banda com um estilo que não convence de que seja metal, por isso não entendo a escolha deles para tocar no Palco Mundo em vez do Sepultura.

domingo, 25 de setembro de 2011

Vettel está a um ponto do título

Fonte: formula1.com

créditos: formula1.com

A corrida de Cingapura em Marina Bay foi chata como sempre. O líder do campeonato de pilotos esteve todas as voltas na liderança da prova e apesar do Flap movel (asa móvel) e do Kers, tivemos poucas brigas nas outras posições. Só tivemos dois momentos "divertidos" nesta prova noturna. Dois acidentes. O primeiro envolveu o brasileiro Felipe Massa e o Inglês Lewis Hamilton. O primeiro defendia a posição quando o segundo tocou a asa dianteira direita no pneu traseiro direito do segundo. Os dois foram obrigados a parar nos boxes, um para trocar o bico, o outro para trocar o pneu furado. Hamilton ainda teve de cumprir um drive-through como punição pela manobra imprudente.

Mesmo com a punição, Lewis (que apesar de provavelmente ser o mais habilidoso da atual fórmula 1, tem sido muito afobado em algumas decisões durante a corrida e tem feito muita besteira) conseguiu terminar bem a frente de Massa (terminou em 5º enquanto o brasileiro ficou em 9º).

O outro acidente da prova foi entre o mexicano Sergio Perez e o alemão Michael Schumacher. Perez estava a frente das duas Mercedes e defendeu bem a posição para Rosberg, com Nico conseguindo uma audaciosa ultrapassagem. Logo após veio o multi campeão Schumacher, que estava muito mais rápido que o mexicano antes de uma curva para a direita e não conseguiu diminuir a tempo, terminando por tocar sua roda dianteira direita com a esquerda traseira do piloto da Suber, o que jogou Schumi por cima de Sergio, indo parar no muro. Este incidente foi julgado como normal em corridas e não houve punições.

Este acidente provocou a entrada do Safety-Car (o que manteve a tradição da prova de sempre ter uma entrada do carro de segurança na corrida) e mesmo assim Sebastian Vettel se manteve na ponta, sem ser ameaçado.

Bruno Senna largou em 15º e como nenhum dos dois carros da Renault se deram bem nesta prova, ele caiu lá pra trás e terminou na mesma posição em que largou, duas a frente de seu companheiro de equipe, o russo Petrov. Barrichello também não foi bem e terminou em 13º, atrás de seu companheiro, o venezuelano Pastor Maldonado (11º).

Button fez uma boa corrida, largou bem e assumiu a segunda posição para não sair de lá mais. Webber largou mal, mas no fim conseguiu completar o pódio. Alonso terminou em 4º e continua na briga pelo vice campeonato.

Confira o resultado final:
1º - Sebastian Vettel - Red Bull - 61 voltas - 1.59.06.757 - Grid 1 - 25 pts
2º - Jenson Button - McLaren - 61 voltas - Grid 3 - 18 pts
3º - Mark Webber - Red Bull - 61 voltas - Grid 2 - 15 pts
4º - Fernando Alonso - Ferrari - 61 voltas - Grid 5 - 12 pts
5º - Lewis  Hamilton - McLaren - 61 voltas - Grid 4 - 10 pts
6º - Paul Di Resta - Force India - 61 voltas - Grid 10 - 8 pts
7º - Nico Rosberg - Mercedes - 60 voltas - Grid 7 - 6 pts
8º - Adrian Sutil - Force India - 60 voltas - Grid 9 - 4 pts
9º - Felipe Massa - Ferrari - 60 voltas - Grid 6 - 2 pts
10º - Sergio Perez - Sauber - 60 voltas - Grid 11 - 1 pts
11º - Pastor Maldonado - Willians - 60 voltas - Grid 13
12º - Sebastien Buemi - Toro Rosso - 60 voltas - Grid 14
13º - Rubens Barrichello - Willians - 60 voltas - Grid 12
14º - Kamui Kobayashi - Sauber - 59 voltas - Grid 17
15º - Bruno Senna - Renault - 59 voltas - Grid 15
16º - Heikki Kovalainen - Lotus Renault - 59 voltas - Grid 19
17º - Vitaly Petrov - Renault - 59 voltas - Grid 18
18º - Jerome D'Ambrosio - Virgin - 59 voltas - Grid 22
19º - Daniel Ricciardo - Hispania - 57 voltas - Grid 23
20º - Vitantonio Liuzzi - Hispania - 57 voltas - Grid 24
21º - Jaime Alguersuari - Toro Rosso - 56 voltas - acidente - Grid 16
Ret. - Jarno Trulli - Lotus Renault - 47 voltas - + 14 voltas - Grid 20
Ret. - Michael Schumacher - Mercedes - 28 voltas - acidente - Grid 8
Ret. - Timo Glock - Virgin - 9 voltas - + 52 voltas - Grid 21

Com o resultado o alemão Sebastian Vettel precisa marcar só mais 2 pontos no campeonato para ser líder isolado ou  mais 1 ponto, que poderá empatar com o segundo colocado, ainda assim será campeão nos critérios de desempate. A chance dele ser campeão em Suzuka é tão grande que  se ele terminar em 9º e Button, Alonso e Webber abandonarem ou terminarem depois dele, o alemão conquistará o bi campeonato faltando 4 etapas para o fim da temporada.

O GP do Japão será daqui a 14 dias no dia 9 de outubro.


sábado, 24 de setembro de 2011

Premier League: Liverpool vence e está em 5º

Fontes: ESPN.com.br e reds4us

Primeiro a Carling Cup: na quarta-feira os reds visitaram o Brighton e apesar do placar magro (2-1), foi uma vitória "tranquila". Bellamy foi o nome do jogo, fazendo o primeiro gol no início do jogo e participando da jogada do sengundo (que foi de Kuyt). Gerrard reestreiou jogando 17 minutos. Confira o post da reds4us sobre a partida aqui. O sorteio definiu que a equipe de Anfield vai visitar o Stoke City nas quartas de final da Carling Cup (vem sofrimento aí).

Agora a partida de hoje entre Liverpool e Wolverhampton foi razoável, vitória por 2 a 1 e mais três pontos que deixa a equipe comandada por Kenny Dalglish em 5º, podendo ser ultrapassada pelo Aston Vila que visita o Queens Park Rangers amanhã às 12h.

O primeiro tempo foi bom, com Adam abrindo o placar aos 10 minutos. No final do primeiro tempo Suárez nos brindou com um golaço, o que deixou a torcida um pouco mais tranquila. Na segunda etapa os vermelhos de Liverpool pararam no goleiro do Wolves, perdendo várias chances de matar o jogo. Até que o Wolverhampton empatou com Fletcher, em um vacilo do sistema defensivo dos Reds.

Lá pelos 20 minutos finais, Suárez estava cansado e estava errando muitos passes e dando o contra ataque para o adversário, por isso foi substituído por Gerrard e passou por Dalglish fazendo biquinho, pois não gostou de ser substituído. A transmissão ficou mostrando várias vezes as caras do uruguaio inconformado por ter saído. Parece que o camisa 7 está se achando maior do que Dalglish, Gerrard e principalmente o Liverpool. Ele é um jogador bom, dribla bem (algumas vezes exagera nos dribles em vez de finalizar), mas está ficando muito mascarado. Quem teve a oportunidade de assistir ao cotejo pode concordar comigo que ele merece ser multado ou sofrer alguma outra punição pelo comportamento patético após a substituição.

Reviews da partida ESPN e reds4us.

Próximo sábado dia primeiro tem clássico fora de casa contra o Everton.



Amanhã após a partida do meio-dia atualizo a tabela de classificação. Na segunda após às 18h também.


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Livros...

Nas imagens a seguir, estão 20 dos meus 23 livros. Já li todos e ainda tenho uma lista de alguns que quero comprar e ler. Sem contar o Pra Ser Sincero que encomendei e ainda não chegou.







Terminei de ler Caim na tarde de hoje. Muito bom, mesmo sendo baseado em uma história bíblica. É uma história bem diferente do que a Bíblia conta (mesmo eu não tendo lido-a, porém percebo que é diferente pelo que já ouvi na época em que era católico praticante).

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Premier League: Liverpool dorme em campo e Spurs goleia

Fonte: Reds4us, ESPN.com.br e LiverpoolFC.TV

Peço desculpas pela demora em postar a review do clássico em Londres. Mas após o fiasco de ontem, não tive "cabeça" para elaborar um texto sobre a partida. Ainda estou sem saber o que escrever, afinal, como a maioria dos torcedores que viram a partida e comentaram em outros blogs ou nas redes sociais, o cotejo de ontem deve ter sido o pior dos comandados de Dalglish este ano.

O estádio de White Hart Lane em Londres, foi o palco do vexame dos Reds na manhã de ontem (levantei cedo atoa) contra o Tottenham Hotspur. A equipe entrou desligada em campo o que resultou no golaço de Modric, que marcou antes dos dez minutos de jogo. Além do time estar desligado, Adam já começou o jogo nervoso, tanto que levou um cartão amarelo logo cedo (em um lance que não era para resultar em cartão) e aos 27 minutos Adam foi expulso (desta vez foi uma entrada para amarelo). Por incrível que pareça a equipe melhorou um pouco após a expulsão, mas não deu um chute a gol no primeiro tempo.



Aos 17 da segunda etapa Skrtel (que atuou improvisado na lateral direita, já que Johnson ainda está se recuperando e Dalglish não quis colocar garotos da base na posição, já que Bale atua por aquele lado) também recebeu o segundo amarelo, deixando a equipe com 9 jogadores. A partir daí foi questão de tempo para a goleada dos donos da casa. Eles fizeram mais três gols (Defoe e Adebayor duas vezes), mas poderia ser mais, pela fragilidade do sistema defensivo dos comandados por Dalglish.

Arbitragem: Como vocês poderão ver no review da reds4us tivemos um número de faltas bem menor do que os Spurs, porém eles receberam só dois amarelos e nós 6 e 2 vermelhos. Isso sem levar em conta que ao final da primeira etapa o número de faltas estava em 5 a 6 e o Tottenham havia recebido só um cartão. Nossa equipe não podia respirar fundo que era falta a favor do time londrino, sendo que as entradas deles que eram parecidas com as nossas não eram punidas. Não é uma questão de "mimimi", mas até Dalglish tem reclamado disto nesta temporada. Não que o Liverpool esteja jogando muito bem e sendo prejudicado, mas se os árbitros são contra o uso da tecnologia para ajudá-los, eles são obrigados a acertar todos os lances duvidosos e serem justos com as duas equipes usando os mesmos critérios para as devidas punições.

Com o resultado o Liverpool caiu de 5º para 8º, visita o Brighton nesta quarta (21/09) pela Carling Cup (com transmissão da Reds4us) e recebe o Wolverhampton no próximo sábado, as 11h.

Confira o post sobre a partida do site da ESPN aqui.






sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Já chegou o disco voador?





Edgar Vivar ator mexicano que interpretava o Senhor Barriga no seriado Chaves (El Chavo), está no Brasil esta semana e participou do Agora é Tarde de ontem (15/09/11). Confira a entrevista completa.


É impressionante como este seriado marcou a minha geração e outras mais novas ou mais antigas que a minha. Mais impressionante ainda é que quando eu paro para assistir atualmente, ainda acho graça, mesmo sabendo qual é a próxima piada.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Confira alguns vídeos com as novidades do PES 2012









As mudanças no Rumo ao Estrelato:






Master League:



GamePLay:





Post Inútil: Casamento em um vagão do metrô

A produção do Agora é Tarde simulou um casamento no metrô de São Paulo e vários populares que estavam no local acreditaram que fosse real, tanto que a maioria gravou no celular e postou no youtube. Confira!





(Post Inútil) Passou na TV: Dia da Independência

Na semana passada o quadro do Agora é Tarde "Passou Na TV" foi especial sobre o dia da Independência do Brasil. Confira!



segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Danilo Gentili e Anderson Silva em um momento Vergonha Alheia

O programa Agora é Tarde apresentado por Danilo Gentili nas quartas e quintas na TV Bandeirantes que foi ao ar no último dia 08/09, recebeu o lutador Anderson Silva e no fim do programa nos proporcionou um momento "vergonha alheia". Confira:


Eles "cantaram" "Escrito nas estrelas" de Tetê Espíndula.

O Brasil deveria seguir o exemplo dos italianos

Fonte: Matéria: Lance! Foto do estádio: Folha.com

Este post era para ter sido escrito na sexta passada, quando o diário Lance publicou uma boa matéria sobre o novo estádio da Juventus. Acabou que li a matéria, mas na correria acabei me esquecendo de postar alguma coisa sobre o assunto. Para quem não leu, ou não assistiu ao Bate-Bola primeira edição da ESPN Brasil, a matéria do lance divulgou que o novo estádio da Juventus de Turin, que foi construído no local do antigo Delle Alpi, com capacidade para 41 mil pessoas sentadas e considerado o mais moderno estádio europeu, custou "absurdos" 106 milhões de euros (equivalente a R$ 244,8 milhões de reais), sem dinheiro do governo (apesar do terreno ter sido vendido por um valor simbólico de 1 milhão de euros - informação dada pelo Paulo Vinícios da ESPN) e foram usados vários materiais reciclados para ajudar a diminuir o custo total da obra.



O mais incrível é que ele é mais barato do que quase todas as construções ou reformas de estádios para a Copa do Mundo de 2014, só a reforma da Arena da Baixada (estádio do Atlético-PR) que é mais barata que o estádio de Turín (R$ 180 milhões). Lendo esta notícia me deu a impressão de que os operários italianos ganham mal, não tem plano de saúde e recebem uma refeição diária. Talvez esta seja a explicação para que a reforma do Maracanã custe R$ 931,8 milhões, ou o Itaquerão que deverá ficar em R$ 920 milhões, ou ainda a nova Fonte Nova que ficará em R$ 786 milhões. Será que o cimento brasileiro é mais caro do que o italiano, ou o alemão (os estádios para a copa de 2006 também foram mais baratos que os brasileiros)? Por que não podemos construir/reformar estádios modernos sem super faturar os materiais de construção? Por que as empresas brasileiras não se interessam por construir os estádios sem dinheiro público? O da Juve foi feito com dinheiro da família Agnelli (proprietários do clube) e da FIAT.

É revoltante ver tanto dinheiro público sendo torrado em estádios e ver pessoas que dependem do SUS morrendo nas filas de espera por falta de atendimento. A Copa e os jogos olímpicos não vão melhorar este cenário para a maioria dos brasileiros. Poucas pessoas se enriquecerão com estes eventos. E os que vão ficar mais ricos serão os mesmos de sempre, aqueles poucos corruptos que são os mais interessados em trazer eventos grandiosos para o país, desde que os mesmos ofereçam oportunidades para a construção de elefantes brancos. A África do Sul não ficou mais rica com o Mundial de 2010, nem a Alemanha. No caso dos africanos podemos constatar que tiveram os mesmos problemas que nós estamos tendo, com muitos casos de corrupção e o aumento da dívida pública. 



Twitcam do HG de setembro

Se você perdeu a twitcam do @1bertoGessinger deste mês, ou como eu, não viu ela na integra. Tenho uma boa notícia. Desta vez ele gravou e divulgou o link da gravação em seu twitter. Confira no link a seguir a gravação completa.




A próxima twitcam será no dia 11/10/2010 às 21h.

domingo, 11 de setembro de 2011

Meu 11 de setembro de 2001

Hoje completam-se 10 anos do ataque da Al-Qaeda aos EUA no 11 de setembro de 2001. E como todas as mídias no mundo só falam nisso, as redes de TV exibem matérias e programas especiais sobre essa data e a maioria dos blogueiros publicaram alguma coisa durante esta semana sobre a lembrança de onde estavam e o que faziam no momento dos ataques ao WTC, também vou escrever um pouco sobre este tema.

Não lembro de muitos detalhes, só lembro que como a maioria dos garotos da minha idade ou mais novos, que também estudavam no turno da tarde, eu estava assistindo Dragon Ball na TV Globinho, quando a programação foi interrompida mais a maioria dos canais de tv não sabiam de início explicar o que estava acontecendo e porquê. No momento eu não tinha me dado conta da gravidade deste incidente, só fui entender melhor na aula de geografia desse dia.

Eu estava cursando o 1º ano do ensino médio na Escola Estadual "Professor Soares Ferreira" e minha professora de geografia era a Mércia (também conhecida como M3##@). Como a maioria dos professores de geografia/história ela era de esquerda (não sei se era filiada a algum partido), ela explicou a gravidade daquele acontecimento, expôs suas suspeitas de quais eram os responsáveis e falou sobre os motivos que fazem dos americanos um dos países mais odiados do mundo.


Dava para perceber um pouco de "felicidade" (não é a melhor palavra para expressar o que ela sentia) dela por ver os americanos sofrerem aquele ataque. Um pouco do que sinto atualmente. Lógico que sinto muito pelos inocentes que morreram naquele ataque, mas ninguém liga (principalmente os americanos) para os inocentes que foram mortos por eles no Afeganistão, Iraque e vários outros países que eles invadiram em nome de uma "guerra ao terror".


Confira o melhor post que li sobre esta data histórica aqui.





Vettel conquista a primeira vitória da Red Bull em Monza

Fonte: Formula1.com

Tião Vettel venceu em Monza com muita tranquilidade na manhã deste domingo (aqui no Brasil) e ao contrário do que escrevi no último post, matematicamente, ele ainda não é o campeão desta temporada, mas é só uma questão de tempo. Os primeiros cinco colocados foram: Vettel, Button, Alonso, Hamilton e Schumacher. O "tio" schumi foi o nome da corrida, pois segurou Hamilton umas 23 voltas, com os dois proporcionando-nos um belo espetáculo, que com certeza deve entrar para a história da formula 1.

créditos: formula1.com

Eu que nunca fui muito com a cara do maior campeão da categoria, por culpa dos vários anos em que acompanhei as transmissões da rede Globo, onde sempre colocavam o Alemão como um vilão do brasileiro Barrichello. Ainda bem que parei de acompanhar as provas pela emissora carioca, o que fez eu mudar várias das minhas opiniões que foram influenciadas pelos narradores e comentaristas globais.

O brasileiro Bruno Senna não largou bem e caiu para a 15ª posição, se recuperou na prova, mas não foi muito longe e terminou em 9º. Para Galvão Bueno foi uma grande corrida do "primeiro sobrinho", o que não é verdade, pois só ganhou uma posição em relação a largada e só 15 pilotos terminaram a corrida.

Tivemos uma rodada de Liuzzi na reta de chegada, após a largada e logo na chincane ele bateu em Petrov e Rosberg e Rubens Barrichello não conseguiu fugir da confusão e se envolveu no incidente.



Vettel se emocionou no pódium, pois foi em Monza que ele conquistou sua primeira vitória na F1 e com um carro fraco (Toro Rosso).

Com o resultado de hoje, Sebastian Vettel aumentou sua vantagem para o segundo colocado para 112 pontos. Alonso é o novo perseguidor do piloto da Red Bull (com 172 pontos) e Jenson Button é o terceiro, pois também ultrapassou Mark Webber. A próxima corrida será em Singapura, daqui a 15 dias (25/09).

Confira a classificação do Mundial de Pilotos e Construtores:


Confira aqui a classificação da corrida.
Leia também:

Premier League: Stoke bate Liverpool em casa com pênalti "maroto"

Fontes: espn.com.br e reds4us.com

O Britannia Stadium foi o palco ontem da partida válida pela 4ª rodada da Premier League 2011/2012, entre Stoke City e Liverpool, que até então, ocupavam a nona posição (5 pts.) e a terceira (7 pts.). Os donos da casa venceram com um pênalti contestável, marcado no início do jogo. Uma marcação que se fosse em um jogo do Manchester e contra os red devils, duvido que marcariam, mas como é contra o Liverpool, nem me surpreendo mais com isso.

créditos: LiverpoolFC.TV

O cotejo foi parecido com o da temporada passada, onde o time de Anfield também foi derrotado, não sabendo enfrentar o futebol "esquisito" praticado pelo time de Stoke. Faltou mais movimentação e velocidade dos homens ofensivos da equipe comandada por Kenny Dalglish. E na segunda metade do segundo tempo o treinador dos reds mudou a maneira de jogar da equipe, colocando Carrol e Bellamy e apostando em bolas altas na área, uma opção equivocada quando se enfrenta uma equipe tão forte no jogo aéreo quanto o Stoke City.

Confira também:

Além dessas dificuldades de transpor a barreira defensiva do adversário, a jovem esperança inglesa Jordan Hendersson, perdeu 3 oportunidades seguidas no mesmo ataque de empatar a partida. Continuo achando o garoto muito fraco ao contrário da fama que ele chegou aos reds. Outro que já reclamei aqui, e que na minha opinião também não está a altura de vestir a camisa dos reds é o Andy Carrol, que pelo visto, Dalglish também acha isso, já que nas últimas partidas Carrola tem começado no banco.

No fim do jogo teve um lance de Suarez, onde o uruguaio invadiu a área e tentou um chute cruzado já na linha de fundo e a bola bateu na mão do zagueiro. Pra mim, deveria ter sido marcado a penalidade máxima, já que mesmo que não tivesse a intenção, o braço do jogador do Stoke interceptou uma bola que ia na direção do gol.

Com o resultado os donos da casa ultrapassaram o Liverpool e estão na 4ª posição e o time de Dalglish ocupa a 5ª colocação até o momento. As duas equipes podem ser ultrapassadas pelo Newcastle (6º) que enfrenta o Queens Park Rangers nesta segunda.



Após a partida da tarde desta segunda a classificação será atualizada.
Confira os reviews da partida, feitos pela reds4us, site da ESPN e a entrevista de Dalglish após a partida repercutido pela reds4us.

Os vermelhos de Liverpool visitam o Tottenham (que começa a reagir no campeonato) na próxima rodada. O Stoke visita o Sunderland no próximo sábado.




sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Fortaleza: Voz dos sussurros que inundam Villa Rica

Fonte: La Madrigueira del Apicultor
Título original: 

FORTALEZA: Voz de los rumores que inundan la Villa Rica


Traduzido por: Eu ora! Por isso ficou péssima a tradução...



O México entende as guerras. Entendem de conquistas, invasões, e das implicações que tolera enfrentar o panorama eminente. Se existe um lugar em todo o México que conhece a sensação de ver enaltecido suas origens e sua segurança, esse lugar é Veracruz: território por onde penetraram os conquistadores espanhóis a mais ou menos 500 anos, e que além disso foi o cenário de batalhas sangrentas contra tropas francesas e americanas. Impossível extirpar da memória de um povo as histórias de valentes guerreiros que apesar de tudo defenderam nobremente sua  região. Passaram-se séculos desde aquelas vitórias e ainda hoje são fontes de inspiração para criar e narrar histórias fantásticas, e é lógico que cada um escolhe contá-las a sua maneira: alguns preferem inclinar-se pelo lado puramente bélico dos acontecimentos e abominar dos intrusos o sonoro rugir do canhão. Outros se inclinam pelo romantismo subjacente da epopéia, por resgatar os triunfos da façanha heróica e divulgá-los com a certeza de quem conhece as bondades do multiculturalismo, ainda que sem passar por alto os derramamentos de sangue. Algumas pessoas tomar eventos passados e sublimá-los em Fortalezas.

Fortaleza é justamente o nome de uma banda veracruzana que desde 2003 se embarcaram na missão de dar voz aos sussurros que inundam Villa Rica. Seu veiculo: o metal melódico. É fácil deixar-se levar pela tentação de subir a Fortaleza ao navio do metal gótico, pois como muitas bandas do gênero, também contam com uma vocalista e incluem na sua música instrumentos clássicos. Mas basta aguçar o ouvido para notar imediatamente que Fortaleza navega por oceanos mais extensos: ondas de Power metal, marejadas de Heavy ou arrecifes de neoclassicismo se somam as influencias escuras, e juntos formam melodias que compartilham com o vaivém do mar que pode balançar com harmonia ou  agitar liberando sua força majestosa. Não é simples definir onde está a marca registrada da banda: talvez seja o violino dos matizes distintos, ou suas letras que lidam com os temas mencionados no primeiro parágrafo e se alimentam de lendas coloniais, batalhas épicas, romance, literatura e harmonia com a natureza, ou talvez a voz viva que relatou a aventura em seus três álbuns de estúdio até agora: doce, mas com força suficiente; de tendências de opera , apesar de moderada, poderosa, mas prudente. Ou talvez tentar um todo que é muito mais do que a soma de suas partes planas.



Primeiro veio “La fortaleza de la soledad” em 2008: um álbum breve, de só sete canções. Tratava-se de uma pequena mostra, mas havia temas interessantes de se analisar. Mesmo que ao ouvir pela primeira vez o disco mostra elementos já presentes em muitas outras bandas com tendências épicas (cavaleiros, espadas, armaduras), o detalhe que permite diferenciar das outras bandas deste estilo está na faixa 6: uma música intitulada “Cerca de la media noche” cujo a letra se baseia na lenda do Callejón de Libranos Señor. Também encontramos referencias literárias em “Fausto”, tema alusivo a obra homônima de Goethe. A voz de Helena, a vocalista, parece frágil quando deve parecer, mas ganha uma força desafiante em peças mais velozes como em “Caballero de honor”. Repito, trata-se de um disco de curta duração mas sem dúvida alguma é uma estréia interessante de escutar.



Apenas um ano depois o crescimento da banda já era notado. Os propósitos de Fortaleza eram sérios e seu trabalho mostrava qualidades para sustentar-se por seus próprios pés em uma cena onde tudo parece soar igual. “Uma Luz entre Las sombras” chegou as lojas em 2009 envolto em um cuidadoso formato slip-case (é o termo usado para a proteção do CD, DVD ou BOX feita de papelão, que você puxa o CD de dentro): a arte do disco foi criada por Helena e dava conta de um ótimo gosto estético. Mas a melhor parte é que este álbum também é um deleite musical: o caminho iniciado por sua obra anterior robustece aqui com um bom senso mais inspirado e incomum para uma banda tão jovem. A energia das guitarras estão ali, mas não temem dividir o espaço com os teclados e o violino, que acompanham todas as canções do disco. As letras mantém uma ligeira aura poético-românticas, desta vez ao adicionar conteúdos relacionados à natureza, também revelam o interesse do grupo pelas mais diversas manifestações culturais: inclui um cover para um tema do espetáculo “Quindam” do Cirque de Soleil (“Seisouso” do compositor canadense Benoit Jutras) e outro “Dime jaguar”, do singular Saúl Hernadez (o qual não deve ser uma mera questão de gostos musicais, porque lembro que o jaguar era um dos principais animais sagrados da cultura Olmeca junto com os Totonacas e Huastecos se instalaram na região onde hoje está Veracruz). Claro, a lenda continua, desta vez representada em “La Mulata” (com piano e violino em harmonia) e “La leyenda Del Tajin”, este último inspirado em um mito Totonaca.



E como parece que esta banda não se cansa de trabalhar, em 2010 novamente estavam presentes com sua obra mais ambiciosa até agora: o sensacional “El ojo de la tormenta”. É que o disco em questão soa exatamente isso: uma concentração de forças reunidas em um só lugar, que vão mudando para latitudes diferentes, arrastando a tempestade que se vai ouvir. Um só violino não era suficiente, desta vez, de modo a representar a tempestade o grupo é acompanhado neste trabalho por uma seção de cordas, além de duas sopranos e um tenor. Aqui estão um dos temas mais agressivos de Fortaleza (“El eco Del miedo”, por exemplo), mas também encontrar experiências como a reinvenção que fazem ao som de “La Bruja”, e a fascinante canção que construíram baseado numa peça e que leva o título “La Condesa”, uma jóia de mais de seis minutos que constitui uma autentica apropriação do metal integrado com as raízes musicais jarochas. É verdade que outras bandas de metal no México e na América Latina já experimentaram sons “indígenas”, mas na maioria das vezes são instrumentos de percussão e instrumentos de sopro acompanhados de sons mais extremos: e o que Fortaleza faz é tomar um requinto e uma farra, e a partir dos padrões tradicionais do som jarocho, elaborar uma canção de metal, que não menos importante, incluiu em sua letra trechos de Jaime Sabines e Pablo Neruda. Sem medo de me equivocar diria que “La Condesa” é o mais perto que esteve o metal mexicano (pelo menos na sua vertente mais melódica) para ter uma verdadeira identidade (Anabantha tentou fazê-lo em seu recente “Hermanos de Sangre: El ritual”, mas sem atingir os níveis de refinamento alcançados por Fortaleza). E para coroar o número, um belo vídeo clipe com uma coreografia esquisita> Mas não pense o leitor que este é o único momento interessante de “El ojo de la tormenta”, pois como já foi dito, trata-se de seu álbum mais ambicioso: Helena brilha como nunca, com maiores nuances em sua voz que acompanham a perfeição a idéia de estar de estar dentro de uma tempestade que varia sua magnitude até amansar pacificamente na última canção do CD: uma luminosa balada “Un nuevo camino”.

E como se fosse uma profecia descendente da mitologia olmeca, as últimas linhas da última música do terceiro álbum marcam o fim de uma era em Fortaleza. No tema mencionado Helena setencia: "y con esta canción hoy me estoy despidiendo" (e com está canção, hoje me despeço), e coincidentemente assim foi. Em julho deste ano o anuncio oficial foi feito: a jovem cantora não faz mais parte de Fortaleza. Evidentemente as reações não foram agradáveis como era de se esperar, e se intensificaram depois de um segundo comunicado em que a banda apresentava sua nova vocalista, Ariana. É claro que não faltou quem tentasse fazer disso uma versão mexicana do caso Nightwish Tarja-Anette, e embora este humilde escritor acredite que é completamente fora do lugar, que é um fato que muitos perderam Helena. No entanto, julgar sem conhecimento não é um dos meus hábitos pessoais, então pro enquanto eu acho que a paciência é uma virtude que os fãs da banda devem ter. Da minha parte, estou ansioso em escutar a nova vocalista e ver qual será o próximo passo que dará Fortaleza, pois se tem uma coisa que eles mostraram ao longo da sua história é que são uma banda em constante evolução. O tempo saciará nossa curiosidade. Helena nos deixou um belo testemunho que ficou registrado em três discos maravilhosos, e Ariana está por escrever suas próprias páginas no próximo capitulo da banda. És bem vinda.

Nos resta esperar...

Confira o texto original aqui.


Curiosidade: O que é a lenda do "Callejón de Libranos Señor"? Confira neste link.





Siga este blog por e-mail