quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

A falta de luz e a falta do que fazer. Deu nisso...




Começo de uma tempestade de verão. Os relâmpagos chegaram antes da chuva me lembrando de desligar todos os aparelhos das tomadas. Como onde moro é normal ficar sem energia elétrica quando chove, esta precaução se tornou comum nesses momentos. Desta vez a natureza estava mais agressiva, com clarões tão assustadores quanto suas trovoadas, o que logo resultou na já esperada falta de luz.

No momento, as únicas fontes de luz no meu quarto são originadas da tela do notebook ou da tela do celular. Quando os trovões anunciaram que a tempestade estava chegando, troquei o computador e a TV por um livro, que mal consegui terminar a segunda página antes da escuridão que parece ter tomado no mínimo o bairro inteiro.




O livro que peguei pra ler chama-se “¿Aguila o sol?”* do escritor mexicano Octavio Paz. Meu exemplar não está traduzido para o português, por isso, apesar de ter começado a ler há uns três meses, mesmo tendo somente 118 páginas, ainda não cheguei à vigésima. Até agora tive a impressão de que é um livro bom, porém não consigo “acelerar” o ritmo da leitura por causa das interrupções para procurar algumas palavras no dicionário, o que acaba me dando preguiça, atrasando muito uma leitura que poderia ser feita facilmente em um dia.

Já estamos há uns 30 minutos sem luz. O que pareceu uma tempestade já se tornou uma chuva “molha-bobo”, entretanto ainda ouvimos as trovoadas, com espaços de tempo maiores do que as primeiras e que já não assustam mais nem uma criança mimada de três anos.

Minha impressão é de que a energia elétrica não será restabelecida tão cedo. Minha vontade de escrever já começou a se esvair tão rápido quanto à bateria do notebook e o sono começa a chegar estimulado pela luminosidade da tela. Boa noite!

*Terminei o livro no dia 31/01/2014

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

"Quero salvar as fotos de uma festa em uma mídia segura. Qual é a melhor? Pen drive ou DVD?"

Esta é uma dúvida comum, onde muitas pessoas optam pela primeira opção. O ideal é ter os arquivos (na pergunta do título são as fotos de uma festa) salvos em pelo menos duas mídias diferentes. Isto é o que chamamos de backup (cópia de segurança).

perdão pela montagem horrível

Se a pessoa quer gravar em  apena uma mídia ela deve pensar na seguinte situação:

Você é daquelas pessoas que prezam pela segurança dos arquivos do seu PC, mantendo sue antivírus sempre atualizado e fazendo um escaneamento completo do sistema ao menos uma vez por mês - ainda é pouco - (esta atitude também deve ser seguida no caso de sua máquina ter um anti malware, spyware ou o Advanced Systemcare - esses programas auxiliam seu antivírus gratuito a manter o seu o mais seguro possível) e não quer perder aquelas fotos de uma festa ou uma viagem e resolve salvá-las em um Pen Drive.

Algum tempo depois você resolve mostrá-las a um amigo no PC dele, mas você não sabe se o computador dele tem vírus (ou malware, spyware, adware,,,). O risco de seu pen drive ser "infectado" por uma daquelas pragas que transformam todos os seus arquivos em atalhos é o menor dos problemas que você pode ter. Seu pen drive pode ser "infectado" até por uma praga que o inutilize para sempre.

Já ao gravar em um DVD, se o arquivo a ser salvo está livre de "pragas", seu DVD não "infectará" os PCs dos outros e nem será infectado.

Entretanto, apesar de o DVD estar "livre dos vírus", ele está sujeito a arranhões e a deterioração pelo próprio tempo.

A solução ideal é o que foi sugerido no primeiro parágrafo. O backup. Ter um pen drive (ou até um HD externo) exclusivo para as fotos, que seja usado somente no seu computador, e essas fotos salvas também em um DVD ou até na nuvem *. Quando for mostrar as fotos em um computador de um amigo ou parente é só gravá-las em um DVD. Este procedimento dá mais trabalho, porém diminuirá bastante as chances de que as imagens dos melhores momentos da sua vida se percam.

* Entenda o que é backup em nuvem: http://mmosgame.com/backup-na-nuvem-gratis/

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Fortaleza começa 2014 com vocalista nova e gravando novo álbum

Fiquei sabendo há alguns minutos pelo Facebook da banda, onde compartilharam um vídeo de uma gravação do quinto álbum da banda, já com nova vocalista que se chama Luba.

Confira o vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=rqWIM08pDdM

Finalmente um post novo no blog que está morrendo

Siga este blog por e-mail