terça-feira, 10 de agosto de 2010

Primeiro amistoso da “Era Mano” na seleção, agrada aos amantes do Futebol Arte


                                                         Fonte: veja.com
Quando a CBF anunciou o ex técnico do Corinthians, como o novo treinador da seleção, muitos torcedores de outros times, não concordaram com a escolha, por acharem que Mano é retranqueiro, como até os próprios corintianos o acusaram, após a eliminação da libertadores.
Porém, não foi isso que vi, no amistoso contra os Estados Unidos, no novo estádio do NY Giants e do NY Jets, times da NFL (a liga nacional de futebol americano).
Uma seleção que mantém a posse da bola, e sabe o que fazer com ela. Com triangulações e bons passes, de jogadores com boa visão de jogo, somadas com a habilidade natural do jogador brasileiro, proporcionou um belo espetáculo, aos amantes do bom futebol (ao som dos gritos de olé da torcida, em alguns momentos do jogo e aplausos e gritos de “Brasil”, no fim).
Assisti a uma partida muito agradável, como há muito tempo, não via a seleção jogar. Lembrou um pouco a seleção de 82. Mas foi apenas a estréia da seleção do Mano. Contra uma seleção que melhorou muito de 94 pra cá, mas ainda não entrou no seleto grupo das grandes seleções do futebol mundial.
Contudo, o importante foi ver que a filosofia de trabalho da seleção brasileira mudou. Mano deu sinais de querer trazer o bom e velho futebol arte, que encantou o mundo, e faz o nosso país ser reconhecido internacionalmente.
Espero que esta “era”, não seja marcada por um lampejo de bom futebol no inicio do trabalho e depois volte ao futebol jogado hoje, que premiou a Internazionale como campeã da Champions nesta temporada.
O resultado foi magro (2 x 0), porém foi só o primeiro jogo, e esta equipe tem muito potencial para evoluir ainda mais até a copa.
O jogo foi transmitido pelo SporTV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga este blog por e-mail