domingo, 27 de novembro de 2011

GP do Brasil: Senna punido e primeira vitória de Webber na temporada

Acompanhei a transmissão do GP do Brasil pela Rádio @estadaoespn desde umas 11h. A partir do início da transmissão global com a TV no mudo e acompanhei a partida entre Liverpool e City, na TV da sala e o notebook conectado na @reds4us. Ficou provado que sou maluco né? Por isso não garanto um bom post nem do jogo, nem da corrida.

Desde o início do fim de semana da última etapa da Formula 1 2011, se falava muito na previsão de chuva no dia da corrida, o que caso acontecesse, tornaria a prova mais emocionante e com mais chances pra quem fosse largar no fim do grid. Mas pra variar a previsão errou mais uma vez. Mesmo assim a corrida teve seus momentos legais.

Após o tradicional desfile dos pilotos em carro aberto antes da corrida, o tri campeão Nelson Piquet, deu algumas voltas com o velho Brabham, o mesmo carro que pilotou no título mundial de 1981. Nas primeiras voltas a Rede Globo mostrava a Turma do Gagá, digo, Didi e depois interromperam para mostrar as ultimas voltas, quando Piquet já andava bem mais lento, acenando para o público e tendo algumas dificuldades para desfraldar uma bandeira do Vasco. Este ato dividiu o público que até então o aplaudia e alguns que com certeza são torcedores do atual líder do BR 11, começaram a vaiá-lo.

Carsten Horst, victormartins.warmup.com.br

Corrida:

A largada foi ruim para Lewis Hamilton que perdeu a 4ª posição para Fernando Alonso. Rubens Barrichello também não foi bem e perdeu várias posições e, Michael Schumacher foi ultrapassado por Paul di Resta da Force Índia. O brasileiro da Williams conseguiu recuperar algumas posições e o alemão da Mercedes recuperou a posição e começou a se aproximar rapidamente de Bruno Senna.

Pouco tempo depois o hepta campeão colocou de lado no S do Senna e Bruno tentou voltar e os dois se tocaram. Uma parte da asa dianteira do carro da Renault furou o pneu esquerdo traseiro do companheiro de Rosberg. Obviamente o segundo ficou lento na pista até chegar aos boxes e trocar o pneu, o que o deixou na última posição. O filho de Viviane Senna seguiu na corrida, parou para trocar os pneus e, andou mais um pouco até receber a punição de Drive-Through. E isso acabou com a corrida dele e ainda o fez terminar duas posições atrás do Schumi.

Achei a punição injusta. Não como a maioria dos brasileirinhos que sempre acreditam no que a Globo fala "sempre prejudicam os pilotos brasileiros". Não acredito nessa balela. É só ver o quanto Hamilton foi punido este ano, algumas punições foram injustas e, até onde sei ele não é brasileiro. Se levarmos em conta o "critério" dos comissários nesta temporada, estava claro que o companheiro de Petrov na Renault seria punido. Pra mim foi incidente de corrida.

Alonso fez uma grande ultrapassagem (foi a melhor da prova) em Button se não me engano. E lá pela metade da prova, Vettel recebeu um aviso da equipe de que estava com problema no câmbio. Foi a deixa para Mark Webber ultrapassá-lo no fim da reta dos boxes com muita facilidade. No entanto quem realmente teve problemas com o câmbio foi Hamilton, tanto que abandonou. Isso foi um pouco depois de mais uma disputa entre ele e o brasileiro Massa, onde o piloto da McLaren começou a ficar lento após tentar recuperar-se da ultrapassagem do brasileiro e acabou abandonando.

A corrida terminou com Weber, Vettel e Button completando o pódio. O inglês terminou a corrida e parou o carro pouco depois da bandeirada (que foi dada por Piquet). Alonso, Massa, Sutil, Rosberg, di Resta, #KobaMito e Vitally Petrov completaram os 10 primeiros. Barrichello foi o 14º e Bruno Senna foi o 17º, resultado que estragou o que poderia ser um bom fim de semana do Senninha, que buscava impressionar a equipe e manter o emprego na próxima temporada. Confira todos os detalhes do resultado final aqui.

Webber pouco comemorou a vitória, deixando claro que não gostou muito de Vettel ter deixado ele vencer. Na coletiva os dois pilotos foram perguntados sobre jogo de equipe, porém desconversaram. Espero que a Red Bull não seja punida com perda de pontos, ou alguma coisa parecida. A Ferrari já fez jogo de equipe várias vezes e outras equipes também, talvez não tão mal feitos quanto os da escuderia italiana e o da RBR hoje. Portanto seria muito injusta a punição, por mais que seja chato ver isso na #F1.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga este blog por e-mail