domingo, 15 de abril de 2012

Nico Rosberg conquista sua primeira vitória na Formula 1

Comentário inútil: Consegui ver só as primeiras voltas da corrida, depois dormir e acordei quando os pilotos já estavam no pódio. Hoje eu assisti o VT da corrida no Sportv 2, mas não foi completo, vi só da 22ª volta pra frente.

Leia também:
Resultado do Qualifying do GP da China: http://www.formula1.com/results/season/2012/866/7136/

Havia uma expectativa enorme para a corrida da China, uma vez que tivemos uma pole surpreendente de Nico Rosberg, seguido por seu companheiro de equipe Michael Schumacher e Kamui Kobayashi que completavam os três primeiros do grid. Eu particularmente estava torcendo para uma vitória de #KobaMito, como o japonês é conhecido nas redes sociais e por uma parte dos jornalistas que cobrem a Formula 1.


Apesar dele largar pelo lado mais limpo da pista, isso não foi suficiente para que o japonês da Sauber fizesse uma boa largada. Ele perdeu várias posições na primeira volta, o que acabou eliminando suas pequenas chances de vitória. Rosberg se manteve na liderança quase a corrida toda, só perdeu a primeira posição quando estava nos boxes. Michael Schumacher poderia ter feito uma boa corrida, porém acabou abandonando a prova após erro de um dos mecânicos da Mercedes em seu primeiro pit stop, quando uma das rodas não foi bem "parafusada" e o alemão foi obrigado a abandonar a prova na 12ª volta.

Felipe Massa não esteve bem na prova de Sepang, já que largou em 12º, chegou a estar em 2º enquanto os lideres acabavam de voltar dos boxes, terminou em 13º. Seu companheiro Alonso vinha fazendo uma boa corrida, entretanto errou quando tentou ultrapassar Grosjean e terminou a corrida em 9º.

Tivemos três boas brigas por posição na corrida. A primeira entre Hamilton e Perez, quando o ligeirinho conseguiu segurar o inglês por umas 4 voltas, mesmo estando "sem pneu". O piloto da McLaren só conseguiu a posição quando o mexicano foi para os boxes na volta 35. A segunda foi na volta 45, quando Perez, Maldonado e Grosjean brigaram pelo 8º lugar e chegaram a ficar lado-a-lado. A terceira foi na volta 48, quando Räikkönnen estava em segundo e segurava uma fila de uns 6 carros. Vettel ultrapassou Kimi e por causa dos pneus desgastados o finlandês perdeu posição para Button, Webber, Hamilton, Senna, Grosjean, Maldonado e Alonso.

Na volta 51 Jenson Button passou Sebastian Vettel, que também perdeu posições para Hamilton na volta 54 e Webber na 55. Rosberg venceu a corrida com 20.6 segundos para Button e Hamilton completou o pódio 5.4 segundos atrás. Webber terminou em 4º seguido por seu companheiro Vettel em 5º e Grosjean da Lotus em 6º. Bruno Senna foi o melhor brasileiro da prova na terra de Mao Tsetung, pois terminou em 7º com sua Williams seguido por seu companheiro, o Venezuelano Maldonado em 8º. Alonso e Perez completaram os 10 primeiros. Confira aqui a classificação completa da corrida.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga este blog por e-mail