segunda-feira, 5 de março de 2012

Premier League: Liverpool 1-2 Van Persie

A partida em Anfield Road não trouxe novidades, na maneira da equipe jogar, para os torcedores do time da casa. O que eles viram no sábado foi igual ao que acompanham durante a temporada, um time que domina o jogo, cria chances de gol, mas as desperdiça. logo no início da partida contra o Arsenal, Luis Suárez driblou os zagueiros e saiu na cara do goleiro, que tem um nome quase sem vogais, dos gunners e foi derrubado. Pelo menos foi essa a primeira impressão que todos tiveram, tanto que o árbitro deu o pênalti, mas no replay ficou claro que o uruguaio se jogou, apesar do goleiro ter sido imprudente.


Dirk Kuyt pegou a bola e foi cobrar a penalidade máxima. O holandês tem uma boa média de acertos, mas para a tristeza da torcida da casa ele cobrou mal e o goleiro defendeu. Como diz o ditado "pênalti roubado não entra". Algum tempo depois os Liverbirds conseguiram abrir o placar com o gol contra de Koscielny. Suárez teve uma boa chance de marcar ainda no primeiro tempo, quando Szczesny rebateu uma bola e o uruguaio tentou chutar no canto direito do goleiro, mas acertou a trave. Um gol perdido que se fosse do Carroll muita gente teria reclamado do inglês após a partida, mas como foi o queridinho sul americano, a torcida não reclamou.

Aos 30 minutos da primeira etapa Van Persie empatou a partida, após a primeira falha de Carragher no jogo (o veterano zagueiro substituiu Daniel Agger, que quebrou a costela na final da Carling Cup). Na metade da segunda etapa estava claro que os comandados por King Kenny precisavam de sangue novo na partida, porém o treinador só mudou a equipe no final do jogo. Van Persie virou o jogo no final do segundo tempo e determinou o fim do sonho de uma vaga na próxima UCL.

Não acho que a culpa da derrota foi do Kenny Dalglish, pra mim não existe um culpado. Ele demorou para substituir, é verdade, mas não foi ele que perdeu gols na cara do goleiro adversário, nem o pênalti. Dalglish assumiu a equipe após a troca de comando no clube, com a FSG comprando o Liverpool, após a saída dos antigos donos, que haviam contratado um treinador de times de segunda divisão e jogadores idem. A reformulação dos Reds não acontecerá em menos de 5 anos, algumas melhoras são visíveis, tanto que foram campeões da Carling Cup, muita coisa ainda precisa ser corrigida, como o pequeno número de gols marcados na temporada, apesar de ser o time que mais cria. Acredito que a equipe vai melhorar. Para isso precisamos de um matador, que não precisa ser um grande nome, contanto que seja mais eficiente do que os atuais atacantes dos Reds.

A próxima partida será contra o Sunderland, fora de casa, no dia 10/03, ao meio-dia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga este blog por e-mail