domingo, 8 de junho de 2014

F1: Corrida do Canadá

Escrevo após as comemorações do pódio da corrida canadense. Com certeza foi a melhor corrida, até agora, da temporada. No mínimo a mais emocionante.
O grid de largada teve Rosberg na pole, seguido por Hamilton, Vettel, Bottas e Massa, completando os cinco primeiros. Ricciardo, Alonso, Vergne, Button e Räikkönen completaram os 10 primeiros. Com destaques para Hulkenberg em 11º e Perez em 13º, nem tanto pelo treino de qualificação, mais pela corrida que fizeram.
Logo na primeira curva, a briga entre os pilotos da Mercedes teve mais um capítulo, com o quase toque que os dois tiveram. Hamilton perdeu a segunda posição para Vettel. Pouco depois Chilton bateu na curva 3 e acabou sobrando para Bianchi, que teve seu carro tocado pelo companheiro e também abandonou a corrida. Foi o primeiro abandono da carreira de Chilton na F1. Uma pena para o Bianchi que conseguiu os primeiros pontos da equipe, na categoria, no GP de Mônaco.


Hamilton conseguiu passar Vettel e voltou ao segundo lugar. Enquanto os dois pilotos da Mercedes abriam vantagem para os outros carros, Massa teve uma péssima primeira parada nos boxes por causa da pistola usada na troca do pneu dianteiro esquerdo que teve problema e atrasou a parada. Felipe Massa perdeu posição para Bottas e Ricciardo e voltou do pit atrás de Kvyat (em 15º).
Não perdeu muito tempo atrás do russo e ultrapassou logo. Na volta 23 Hulkenberg fez uma bela ultrapassagem em Sebastian Vettel.
A briga entre Rosberg e Hamilton esquentou e na tentativa de evitar uma ultrapassagem os pneus derraparam e Nico passou reto na chicane que traz para a reta dos boxes. Não foi punido por considerarem erro e não ter levado vantagem.
Após a metade da corrida os carros da Mercedes começaram a ter problemas nos freios e perderam rendimento, rodando por volta de 1m22 por volta. Felipe Massa ultrapassou os dois enquanto paravam nos boxes.
O problema das Mercedes prejudicou Hamilton que foi obrigado a abandonar. Felipe Massa perdeu a liderança da corrida quando fez a sua segunda parada. Voltou atrás de Bottas.
Com o abandono de Lewis Hamilton, Rosberg voltou a liderança, mas perdia muito tempo por volta. Perez, Ricciardo e Vettel o pressionavam na briga pela vitória.
Quando Bottas tentou passar Hulkenberg e errou, Massa o ultrapassou e conseguiu chegar nos quatro primeiros e também passou a brigar por pódium ou até vitória.
Ricciardo conseguiu passar Perez e nas últimas voltas passou Rosberg e assumiu a ponta. Vettel também ultrapassou Perez que estava com pouco rendimento. No início da última volta Massa tentou ultrapassar o mexicano e os dois protagonizaram uma batida espetacular. Quase que o carro do Felipe levou a Red Bull de Vettel junto. Tanto o brasileiro quanto o mexicano saíram ilesos da batida.
Ricciardo venceu, seguido por Rosberg, que aumentou sua vantagem para Hamilton, e Vettel terminou em terceiro.

Não se sabe se Felipe e/ou Sergio Perez serão punidos.

Confira o resultado final.

Atualização às 22h41min do dia 09/06/2014: Perez foi punido pela FIA pelo acidente com Massa e vai perder 5 posições no grid da Áustria.

Mundial de Pilotos:


Mundial de Construtores:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga este blog por e-mail